terça-feira, 22 de setembro de 2009

Eco sustentável. Vale a pena conhecer.

Uma discussão constante quando pego um trabalho de decoração para fazer e quando a pessoa que “trocar tudo”, mas não têm dinheiro, é a questão da reciclagem. Convencê-los que na maioria das vezes é melhor reciclar seu móvel em bom estado, que jogá-lo fora não é fácil. Nestes momentos apelo sempre para o bom senso ecológico que todos têm, pois afinal, este planeta pertence a todos e precisa do nosso cuidado. Numa das muitas conversas com meus clientes tentando achar argumentos para minha posição em não jogar um móvel de madeira maciça fora, conheci o Ecodesenvolvimento na internet. O portal EcoDesenvolvimento.org. br (EcoD) é uma iniciativa do Instituto Ecodesenvolvimento, uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que tem como objetivo, sensibilizar, mobilizar e educar pessoas e organizações para incorporar princípios e práticas que contribuam para desenvolvimento sustentável. Seus colaboradores tem um compromisso sério em ensinar, esclarecer divulgar as melhores novidades sustentáveis do mundo inteiro .

Quando conheci este blog fiquei contentíssima, pois está cheio de sugestões, dicas e soluções inteligentes para quem quer realmente agir de forma ecológica, sem ser chato (o que não é meu caso), mas vale pelo muito que aprendi com eles e que não tenho nenhum receio de divulgar. Seus assuntos abrangem arquitetura e design, empreendedorismo, biodiversidade, cidades sustentáveis, empresa sustentável, vida saúde e muito mais. Estão sempre recheados de novidades que valem serem acompanhadas sempre, inclusive as campanhas ambientais, para quem estiver realmente envolvido. Como restauradora de moveis e reciclante atuante, não posso deixar de falar bem deste site e indicá-lo para que quiser fazer parte de um mundo melhor.

Foi lá que achei isto.






Ornj Bags: das construções para as bolsas

Resistência e criatividade. Estas são características básicas de sacolas que vem alcançando vôo dos mercados e feiras para as ruas e até mesmo passarelas. Ganhando uma carga fashionista e conceitos de responsabilidade até mesmo na hora das compras, as ecobags ganham formas, cores e materiais inusitados para entrar com tudo na rotina de consumidores conscientes.
O designer David Shock foi ainda mais longe e trouxe materiais da construção civil para bolsas que não passam despercebidas: as
Ornj Bags. Feitas com redes de proteção da construções civis (aquelas redes que servem como barra de isolamento para a realização de obras em vias públicas), as grandes bolsas podem servir como sacolas retornáveis ou estilosas bolsas de transportar notebooks.
"
Eu estava pensando primeiro em criar um saco de roupa simples para levar minhas roupas sujas apenas a três lances de escadas abaixo, mas depois percebi poderia ser uma ecobag", comenta David, ilustrando que boas ideias podem partir de pequenas movimentações cotidianas.

1 comentários:

Isabel Cristina disse...

OI Cibele, vim agradecer a visita ao blog e conhecer o seu. Fiquei feliz em saber que meu blog serviu de referência para uma pessoa como você, talentosa, preocupada com a vida sustentável e que recicla móveis!! Eu adoro reciclar móveis, aliás, eu e meu marido. Acho que vc já deve ter visto algumas transformações que fizemos lá em casa e mostrei no blog. Eu adoro dar uma nova cara para um móvel, vemos potencial em móveis que ninguém dá nada por eles. Às vezes acho que as pessoas nem devem entender direito a gente, pois tudo que vemos jogado na casa das pessoas pedimos para nós. E tudo renovamos e fica muito bonito. A pessoa nem acredita! Adorei saber que tem blog novo na blogosfera, e vou acompanhar as suas transformações. Não deixe de postar, estamos aqui para lhe dar força! A blogosfera e o mundo precisam de boas idéias! Beijos e seja bem vinda!

Postar um comentário